FORUM

RESOLVA JÁ (DICAS DO CONSUMIDOR)

146 comentários:

  1. Existe uma empresa chamada BFN Consultoria a qual aplica constantes golpes no mercado, se passando por "negociador" ou "parceiro" de instituições financeiras, tomem cuidado com este eslenionatário, os representantes são Daniel de Oliveira Nogueira e Ewerton Pugliese, a empresa está no nome da mãe dele, Heloisa (não me recordo o sobrenome). Ele apresenta ofertas de negociação e acordos irrecusáveis, recebe o dinheiro e usa até mesmo o nome de sua filha para tratar as negociações. É muito educado, parece querer ajudar, mas some com o seu dinheiro. Fui vítima e gostaria que me ajudassem a divulgar para que menos pessoas caiam em sue golpe. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por compartilhar esta informação com os leitores deste Blog.

      Excluir
    2. Mensagem: ASSINEI UMA CONCILIAÇÃO DE DEBITO, PELO JUIZADO DE PEQUENAS CAUSAS, E NÃO PUDE CUMPRI-LA, ASSINEI EU E MEU MARIDO, PORÉM A DIVIDA ERA DO MEU MARIDO, ELES FALARAM SE NÃO CUMPRIR COM O ACORDO PROPOSTO PELA AUDIÊNCIA, ELES VÃO COLOCAR MEU NOME NO SPC, ISSO PODE? JÁ QUE OS BOLETOS DA LOJA NÃO ENTÃO EM MEU NOME, E QUANDO IA TIRAR NA NOTINHA ASSINAVA, MAIS TUDO ESTAVA NO NOME DELE. COMO O FORUM IRA PROCEDER?

      Excluir
    3. Pelo que eu saiba dívida judicial não é motivo para colocação do nome no SPC / SERASA.


      Também se o processado foi à empresa do seu marido, se você não é sócia dele, todos os ônus recam somente sobre os bens dele.

      Excluir
    4. Olá Dani Vasconcelos!

      Desculpe me intrometer na conversa, mas como sou advogado e li suas dúvidas achei por bem esclarecê-las.

      Com relação ao acordo, se você assinou o termo de conciliação em audiência, infelizmente atraiu a dívida para você também. Portanto, antes disso você tinha como discutir a ilegitimidade de parte. Entretanto, após você concordar em pagar a dívida não há mais possibilidade.

      Já com relação ao SCPC e SERASA (órgãos de proteção ao crédito), há sim possibilidade de incluir o nome do devedor junto a tais órgãos desde que requerido pelo credor ao juiz no processo.

      Espero ter esclarecido suas dúvidas.

      Abraços.

      Thiago

      Excluir
    5. Thiago,

      Muito obrigado pela sua participação. Foi de extrema utilidade.

      Às vezes respondo tão rápido as perguntas que me passa despercebido detalhes da pergunta, como o fato que ela tinha assinado o acordo junto com o marido.

      Se quiser também escrever artigos assinados no Blog fique a vontade, me passe para o e-mail marcio.caio.pub@gmail.com que analiso e se estiver dentro do espírito do Blog publico e coloco seus dados de contato se for seu interesse.

      Excluir
    6. Prezado Márcio boa noite!

      Vou ver se posso contribuir com alguns julgados e/ou matéria relacionada à defesa do direito do consumidor. Eu advogo também nessa área e, particularmente, é a que mais me identifico. Gostaria de parabenizá-lo pelo site, pois é de muita validade a todos os consumidores. Tem conteúdo e é muito organizado. Abraços. Thiago Marioti.

      Excluir
  2. Benedito Silva, contratei o serviço de speedy da telefonica, atendente me disse que o speedy para mim de 225kbs, seria de 29,80. Se caso quizese adquirir o speedy de um mega teria que pagar 54,00 reais, vinte nove é para quem adquiri o sistema viva voz, isso para mim é venda casada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Benedito,

      E é, mas infelizmente a ANATEL faz vista groça para esta prática que é comum de todas as operadoras de telefonia.

      A única forma de reclamar é através do PROCON da sua cidade.

      Excluir
  3. O carro foi furtado no estacionamento do Supermercado Muffato Tarumã a 8 meses. Na época entramos em contato com o Muffato, porém o supermercado afirmou que pagaria só judicialmente. Então a audiência de conciliação foi marcada para o dia 13/06. Não tínhamos advogado e ficamos com dúvidas. O supermercado não fornece ticket na entrada do estacionamento. Porém, solicitou para o segurança mostrar a imagem do assaltante. A câmera estava acima do carro, pegou nitidamente a ação do ladrão. Eu assisti, mas quando pedimos uma cópia foi negada. Ao fazer o BO, pedimos para o investigador solicitar as imagens, pois daria para identificar o assaltante. Ele redigiu o documento e afirmou que nos próximos dias iria ao Muffato. Porém, perdemos contato com este investigador, e não temos certeza que a cópia está na delegacia. As imagens eram uma prova que o furto ocorreu no estacionamento do subsolo. Como podemos solicitar uma cópia para apresentar no Juizado Especial? A funcionária do Juizado afirmou na audiência de conciliação que o Muffato tinha 15 dias para apresentar suas provas e depois teríamos 10 dias. No dia do furto, os lojistas do subsolo não quiseram testemunhar com medo de perder o ponto. Seria importante a cópia, tenho medo que o Muffato extravie. Preciso de advogado para solicitar uma cópia para delegacia ou Supermercado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se está registrado BO não é necessário a cópia da filmagem para entrar no Juizado de Pequenas Causas. Basta convocar o próprio investigador como testemunha e afirmar que a filmagem se encontra na delegacia.

      Veja o seguinte artigo para entrar no Juizado:

      http://dicasdoconsumidor.blogspot.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  4. Olá Marcio,

    Nos (eu e meu noivo) reservamos uma casa que amamos no plano minha casa minha vida. Depois de 1 mes a caixa já chamou e disse que tudo estava certo e assinamos o contrato de proposta de venda. Alguns dias depois recebemos uma ligação disendo queh havia algo no nosso nome (e realmente 1 ano atras pagamos uma construtora MRV comissao junto com Armond Imobiliaria um apartamento) Ligamos na MRV e pedimos o cancelamento do contrato mas até agora nada. Hoje fomos informados que o cancelamento vai demorar 90 dias! perguntamos o pq e disseram que estao esperando vender o "nosso" apartamento.
    - No contrato não ha nehuma clausula de cancelamento/resisao. Agora estao impondo regras/condicoes de cancelamento por telefone.
    Temos chance de resolver isso? Prescisamos de uma luz aonde recorrer.

    A Caixa disse que só está esperando o contrato de cancelamento p/ assinar o contrato final (a Caixa até pegou nosso Fundo de garantia p dar de entrada na casa) se demorar 90dias podemos perder a casa..
    Obrigada pela atencao
    Carol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol,

      Infelizmente quando um contrato é omisso em relação ao cancelamento, passa a ser uma acordo entre as partes.

      A justiça num caso destes não te auxiliaria, até porque poderia ser bem demorada.

      Somente recorra ao Juizado de Pequenas Causas se você estiver num beco sem saída, mas daí provavelmente você já perdeu o negócio.

      Veja como usar o Juizado de Pequenas Causas no seguite artigo:

      http://dicasdoconsumidor.blogspot.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  5. queria saber
    Minha mãe faleceu a um ano deixou um apto na vila IAPI e meu irmão tomou conta mora la e disse que ia comprar as partes dos herdeiros que no total são cinco com ele, e não ha geito de me pagar seria 40.000 reais isto da para resolver nas pequenas causas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não. Isto só pode ser resolvido através da ação de inventário na Justiça Civil.

      Se não tiver dinheiro para advogado, o jeito é procurar a Defensoria Pública.

      Excluir
  6. Olá, estou tendo problemas com o tal banco IBI. Precisei utilizar meu nome e quando foi feita a verificação dele, constou um débito desta entidade, porém não sou cliente. Já fui cliente na época que utilizei o cartão da C&A que é conveniada com o IBI, porém quitei meus débitos e não utilizo estes serviços há mais de 3 anos. Hoje fui direto em uma das lojas do IBI e a atendente não encontrou nenhuma pendência no meu nome, pediu para ir até a C&A, pois poderia constar algo no sistema deles que no dela não consta. Fui, e lá também me disseram que nada consta. Retornei ao IBI e fiz nova verificação, e nada novamente. Gostaria de saber como proceder, creio que cabe processo nas pequenas causas, inclusive com danos morais, não estou certo? Porém, estou com dúvidas quanto aos doc's comprobatórios para mover a ação. Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vinícius,

      Neste caso você não precisa de comprovante nenhum, já que você não tem nenhum debito não pago. Quem tem que provar que você tem débitos são eles.

      Entre no Juizado de Pequenas Causas e peça além da retirada do seu nome do SPC, uma indenização por Danos Morais.

      Veja como no seguinte artigo:

      http://dicasdoconsumidor.blogspot.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
    2. Vinicius,

      De nada.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas, sugestões ou críticas.

      Excluir
  7. Márcio,
    O Juizado de Pequenas Causas me intimou para eu me manisfestar quanto ao endereço do réu em um processo contra a Edushop. Seguindo os seus conselhos, você acha que eu poderia tentar as seguintes ações abaixo?

    1- Solicitar ao juiz para oficiar a Junta Comercial do RJ para tentar obter o endereço correto da Edushop
    2- Peticionar ao juiz colocando como co-réu a instituição que eu usei para realizar o pagamento

    Muito obrigado novamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode imprimir o CNPJ da INTERNET da EDUSHOP para provar que o réu tem o endereço correto mas está propositalmente se escondendo.

      Baseado nisto fazer as duas petições que você menciona, sendo que pediria na primeira, também o endereço dos socios da EDUSHOP, para que eles sejam intimados nas suas residências.

      Excluir
  8. Fui enganada pelo funcionário da CLARO, que agiu de má fé e abriu um contrato de um número que nao pedi, e agora estão me cobrando e ameaçando colocar meu nome no SERASA,. Recebi ligação da claro para trocar meu aparelho gratuitamente trocando meus pontos da claro clube, como fazia todos os anos, mas além de ser mal atendida o funcionário despreparado e mal intencionado, trocou meu número titular por outro, sem a minha autorização, solicitei que fosse corrigido, e segundo o mal funcionário, foi regularizado, mas comecei a receber boleto de cobranca 3 meses depois e uma carta do SERASA. Mesmo abrindo vários protocolos de reclamação nada foi resolvido. O funcionário age de má fé , erra feio, sou mal atendida, enganada e ainda meu nome vai para SERASA. O que fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siga os procedimentos do seguinte artigo para reclamar contra a Claro:

      http://dicasdoconsumidor.blogspot.com/2010/02/como-fazer-reclamacao-na-anatel.html

      Excluir
  9. OLA, A CLARO TV VEM MANDANDO BOLETO E FAZENDO AMEAÇA DE COLOCAR MEU NOME NO SERASA POR FALTA DE PAGAMENTO DA ASSINATURA O QUE É ENGRASADO É QUE ESTA ASSINATURA FOI CANSELADA DESDE QUANDO A MESMA ERA EMBRATEL EM JUNHO DE 2011, COMO POSSO PROCEDER NESTE CASO, JÁ QUE FIZ VARIOS CONTATOS COM OS ATENDENTES DA CLARO E NINGUEM TEM SOLUÇÃO E CONTINUA CHEGANDO OS BOLETOS, MESMO SEM APARELHO NENHUM DA CLARO POIS O QUE TENHO HOJE É O DA SKAY.FRANCISCO IVAN

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para reclamar e resolver siga as recomendações do seguinte artigo, em especial mandar uma reclamação para o Jornal "O Globo" e para a ANATEL:

      http://dicasdoconsumidor.blogspot.com/2010/02/como-fazer-reclamacao-na-anatel.html

      Excluir
  10. O que fazer: Quero comprar um produto no mercado perto de casa, mas o caixa diz que só posso comprar a cima de quatro, o q eu faço?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma oferta pode valer para um número mínimo de peças. Mas isto não implica que por outro valor o mercado não possa vender unitariamente. Como o caso é de pequena monta, sugiro se você quer punir o mercado, passar a comprar em outro mercado.

      Outra opção num caso destes é procurar o PROCON da sua cidade, mas acho pessoalmente que não vale a pena pela perda tempo.

      Excluir
  11. Bom Dia!

    Realizei duas compras no ebay em Setembro , uma no dia 02 e outra no dia 09. E até a presente data nao recebi nenhuma mercadoria e nenhum reembolso. Entrei em contato com p PayPal e eles informaram que o prazo para eles fazer o reembolso é de 45 dias, já havia encaminhado diversos e-mails aos vendedores com reclamações do produto, porém nao obtive sucesso. Pode me dar alguma orientação.

    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passado o prazo de reclamar, de 45 dias, não existe mais nada que possa ser feito.

      Para mais detalhes veja o seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2010/02/entrega-atrasada-do-ebay-como-proceder.html

      Excluir
  12. O MEU TELEFONE RESIDENCIAL DA OI ESTÁ MUDO FAZ 6 DIAS E JÁ ABRI 3 REQUERIMENTOS DE REPARO, MAS NADA FOI RESOLVIDO.
    O QUE MAIS ME REVOLTA É A TOTAL FALTA DE RETORNO DA OPERADORA....SE PELO MENOS ME DESSEM UMA RAZÃO PARA O OCORRIDO. ESTOU ME SENTINDO MUITO PREJUDICADO SEM PODER RECEBER LIGAÇÕES IMPORTANTES E NEM ME COMUNICAR COM AS PESSOAS, JÁ QUE EU PAGO MINHAS CONTAS SEMPRE EM DIA E SOU CLIENTE ANTIGO ...PODERIAM TER MAIS RESPEITO AO CONSUMIDOR.
    GOSTARIA DE SABER SE POSSO ABRIR UM PROCESSO POR DANOS OU PERDAS...CONTRA A OI?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escafandrista,

      Antes de entrar com uma ação no Juizado de Pequenas Causas contra a OI, que é demorada, tente seguir o recomendado no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2010/02/como-fazer-reclamacao-na-anatel.html

      Excluir
  13. Bom dia, gostava de ser ajudado, a dias fiz um carregamento na minha conta em http://www.coisas.com/ , mas enganei-me queria fazer só 3,50€ e fiz 35,00€. mandei um elmail a administração do site e no qual foi me dito que não faziam reembolsos, como posso resolver a situação? vou ficar sem o dinheiro?? Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como este site não está localizado no Brasil, não existe o que possa ser feito, a não ser que você conteste a transação no seu Cartão de Crédito, informando que foi o valor errado.

      Se você for de Portugal, daí você poderia tentar resolver através de sites de reclamações do seu país.

      Excluir
  14. Boa tarde! no dia 24/12/2012 passei um constrangimento horrivel, no supermercado walmart. comprei duas pessas de roupas, sendo que uma, a funcionaria do caixa esqueceu de tirar o alarme, ai foi aquele constrangimento horrivel, não sabia onde enfiar minha cara, e ainda por cima veio o segurança com ar hironico, perguntando se eu por acaso tinha comprado alguma roupa. E mandou o outro ir atráz de mim. me senti muito mau, ficaram todos me olhando achando que eu tinha furtado alguma coisa. Devo recorrer a justiça?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que você descreveu não existe nada de ilegal nos procedimentos, apenas podem ser considerados moralmente condenáveis.

      Isto é um motivo para não comprar no Supermercado e não recomendar para seus amigos, mas não para entrar na Justiça.

      Num caso destes você iria perder tempo, pois dificilmente teria ganho de causa e mesmo se tivesse o WalMart iria recorrer até a última instância e neste caso você iria precisar de advogado para acompanhar.

      Excluir
  15. Boa tarde gostaria de orientação, tive minha bicicleta furtada no bicicletario de um shopping aqui em Santos. Procurei a administradora para ver se tinha alguma imagem, pois tem um estacionamento monitorado. Fui informado que o local (bicicletario) não tem cameras e que o local é cortesia do estabelecimento, inclusive há uma placa no local informando que eles não tem responsabilidade por furtos ou danos.Uma empresa que tem segurança, não poderia nem ao menos colocar uma camera no local, minha bicicleta estva com corrente e cadeado, foi cortado em plena luz do dia, Tenho como fazer algo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por mais que eles coloquem que não tem responsabilidade, a lei é clara.

      Todos os estabelecimentos comerciais tem responsabilidade sobre a integridade física dos frequentadores e sobre os bens dos frequentadores dentro do estabelecimento, mesmo que a agressão, furto ou roubo tenha sido efetuada por terceiros.

      Portanto, recomendo você entrar no Juizado de Pequenas Causas, reclamando, além da devolução do valor da sua bicicleta, uma indenização por Danos Morais.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  16. Bom dia.
    Comprei um carro e fiz em 60 vezes, ja paguei 52 parcelas tive q refinancia pois fiquei desempregada e ainda resta 19 parcelas. O carro vale 7.000 e eu ja paguei 17.400, gostaria de saber se tem cmo reduzir esse juros pois continuo desempregada e ja tenho 5 parcelas em atraso eles me ligaram dizendo p eu devolver o carro amigavelmente e elimino a divida ou eles retiram com mandato de busca e apreensao e a divida continua gostaria de esclarecimentos como devo proceder. Obrigada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cibele,

      Sugiro você procurar o Procon da sua cidade para ter este esclarecimento. Para poder te dar uma posição somente tendo o contrato de financiamento em mãos.

      Excluir
  17. Mensagem: Bom dia! Gostaria de uma ajuda se possível. O problema é o seguinte: O síndico de meu condomínio vive me perseguindo há mais de 1 ano. Na semana passada eu aluguei o salão de festas e quando entreguei o mesmo me disse que estava tudo ok e disse que não seria necessário assinar nenhum documento. Quando chegou o boleto do condomínio, apareceu um valor de ressarcimento e a empresa que administra me informou que por solicitação do síndico, foi incluído este valor pelo fato de eu ter quebrado uma peça que não souberam me informar qual seria. Ninguém sabia até então deste assunto, nem mesmo o sub-síndico. Estou pensando em abrir um processo reivindicando este valor e também assédio moral. De que forma posso proceder? Vou ao pequenas causas? Não existe mais possibilidades de acordo internamente pois já tentei em outras oportunidades e o camarada se mostra uma pessoa de várias personalidades. Por favor me ajudem com este assunto. Obrigado e fico no aguardo. Daniel Schiestl (48) 9971-7282

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel,

      Você pode entrar no Juizado de Pequenas Causas, contra o condomínio, pedindo, além da devolução do valor da multa em dobro (cobrança indevida tem que ser devolvida em dobro), uma indenização por Danos Morais.

      Tenha como testemunhas pessoas que foram a festa, mas não sejam seus parentes, atestando que nada foi danificado.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  18. Marcio, eu abri uma conta corrente no banco Santander, por que era o banco da minha empresa, só que eu mudei de empresa, a nova empresa usa os serviços do Itaú, então abri uma conta no Itaú, e pensei em cancelar minha conta no Santander, só que eu recebi uma carta do Santander dizendo que eu tinha 1800 reais de créditos no meu cartão, e como eu havia acabado de me mudar e precisava comprar Geladeira, maquina de lavar etc, resolvi usar, mas não usava mais a conta só o cartão, havia um dinheiro mínimo na conta. No mês de Setembro, eu já sabendo que meu endereço no Santander era a casa da minha irmã, resolvi e direto no banco pedir uma segunda via do boleto da fatura de Setembro para eu pagar de 374 reias, o funcionário simplesmente imprimiu a fatura e eu fui na boca do caixa pagar, no mês seguinte, fui fazer o mesmo processo,pedi minha fatura do mês de Outubro, só que dessa vez não havia débito e sim 27 reias de crédito, perguntei por que mas o funcionário não soube me responder, ele me deu um número para ligar e perguntar, liguei e também não souberam me dizer por que. No final de Novembro fui dar uma olhada na minha conta corrente por curiosidade, e vi que eu estava 575,39reais negativo, sem entender fui falar com o gerente da minha agência lá na Urca, meu chefe me liberou para resolver, meu gerente disse que minha conta estava no débito automático, e como não havia dinheiro suficiente na minha conta, meu cheque especial cobriu a fatura de Setembro, e o pagamento que eu fiz achando que estava pagando o banco entendeu como crédito, por isso fiquei com 27 reias de crédito no mês de Outubro, já a minha conta foi gerando juros sem parar, disse ao meu gerente que nunca permiti que minha conta estivesse em débito automático e que nunca pedi que fosse colocado mais crédito no meu cartão, e por que o funcionário não me avisou que minha conta estava sendo paga de outra forma em vez de me da o boleto para pagamento em Setembro. Fiquei arrasada e pedi para cancelar a conta, mas me disseram que para eu cancelar eu tinha que pagar todas as minhas dívidas pedentes e os juros, então pedi tudo que havia para pagar, peguei meu 13º e paguei 597,25 reais. No final de fevereiro fui visitar minha irmã e havia 1 fatura de cobrança de uma última dívida no Santander que vencia no final de Dezembro que eu não imaginava que existia! Junto com essa fatura 2 cartas do SCPC e SERASA dizendo que meu nome estava sujo, fui ao banco falar com o gerente e eles disseram que eu devia ter pedido as faturas futuras para pagar também, ora! Se eu estou pedindo para pagar tudo, para mim estou pagando tudo. Pois a Fatura era de 131,68 que por causa do atraso tive que pagar 278,86. Por favor me diga o que fazer com essa situação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode entrar no Juizado de Pequenas Causas, pedindo além da devolução de todos os juros cobrados indevidamente, já que eles que omitiram seus débitos, além de uma indenização por Danos Morais.

      Mas prepare-se para uma longa batalha, pois se eles perderem, com certeza irão recorrer para outras instâncias.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  19. Boa trade. Realizei uma compra site Casas Bahia, dia 12/01, o correio ja informou que produto foi extraviado, porem tenho que resolver questao somente com casas Bahia, entro em contato todos os dias, por telefone, chat,encaminhei diversos emails para ouvidoria, ja postei reclamaçoes Reclame Aqui e Facebook,porém me dizem para aguardar 1 dia útil,o Procon já notificou a empresa, mesmo assim nunca retornam contato. Ja verifiquei que o produto que comprei (Celular) não esta mais disponível no site. O que fazer neste caso? Pois agora verifiquei em outros sites e não consigo encontrar o produto pela mesma oferta anunciada pelas casas Bahia, me sinto extremamente lesada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Katia,

      No seu caso só resta entrar no Juizado de Pequenas Causas pedindo, além da a devolução do valor pago corrigido, uma indenização por Danos Morais.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  20. preciso de ajuda a oi me ofereceu oi conta total 2 por 159 reais e estam me cobrando 211reais já liguei e me passaram que na hora a moça disse o valor errado e seu eu cancela teria que pagar 150 pela fidelidade de um anoestou me sentido lezada e a conta só aumenta esse mes veio 178 reais socorro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claudinha,

      Antes de entrar com uma ação no Juizado de Pequenas Causas contra a OI, que é demorada, tente seguir o recomendado no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2010/02/como-fazer-reclamacao-na-anatel.html

      Excluir
  21. Olá! Encontrei este blog por acaso e fui conferir a lista dos sites não confiáveis. Para minha surpresa, não encontrei o que roubou meu dinheiro, quando tentei comprar um relógio. Trata-se do site português galeriadosrelogios, que, em outubro último me lesou em quase 500,00 reais, debitados em meu cartão de crédito e eu não soube até hoje como recuperar, pois, depois de muitas tentativas de contato de minha parte, os malditos disseram que tinham tido problema com o fornecedor e que eu iria receber minha mercadoria, um relogio swatch. Foi o tempo suficiente para a operadora de meu cartão de crédito passar a grana para eles, convertida de euros para reais, e eu nunca mais ter obtido uma resposta sequer dos ladrões malditos. Sei que foi muita inexperiência minha, mas o que posso fazer?? Enviei um milhão de emails, mas nunca mais tive sinal dos bandidos. Gostaria, se possível, de uma orientação a respeito e de poder alertar aos desavisados como eu a respeito dessa empresa virtual de bandidos portugueses, que sumiram com meu sonho e com a minha grana. Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ira,

      A lista de sites não confiáveis que é publicada no Blog é voltada para sites brasileiros, por isto, não estão inclusos sites de outros países.

      Uma regra fácil para não ser enganado fora do Brasil é não comprar em sites que não estejam entre os 10000 maiores do mundo. Exceções a esta regra somente com muitas recomendações de outros sites confiáveis.

      Para saber a posição do site use o seguinte link:

      http://www.alexa.com

      O site galeriadosrelogios.com está na posição 1.428.262, portanto, totalmente fora da faixa confiável. Veja no seguinte link:

      http://www.alexa.com/search?q=galeriadosrelogios.com&r=home_home&p=bigtop

      Excluir
  22. Olá!

    Meu irmão recebeu mercadorias da TIM, no CNPJ da empresa, em Novembro de 2012, no valor de R$ 6.000,00, sem que tivesse comprado. Ele ligou para a TIM, mas não conseguiu resolver nada, então foi pessoalmente à loja e falou com um representante que ficou de lhe ligar com 5 dias para dar alguma solução para o problema, o que não aconteceu. Agora em Março de 2013, ele recebeu um boleto para efetuar o pagamento. O que ele deve fazer? Pagar a mercadoria que ele não comprou?? (A mercadoria continua embalada).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ideal é enviar uma notificação extrajudicial para a TIM, com uma via entregue numa loja da TIM e outra com a data e assinatura do recebimento da mesma por um funcionário da loja (que ficará com o seu irmão), avisando da entrega indevida, pedindo a imediata retirada dos produtos e o cancelamento da cobrança.

      Se os funcionários da loja da TIM se negarem a assinar a notificação, que ele vá acompanhado de duas testemunhas não familiares, colocando nome completo, CPF e endereço para assinar como testemunha na 1ª e 2ª vias.

      Com esta notificação se houver um futuro protesto do título, isto servirá como prova na justiça da boa fé do seu irmão na tentativa de resolver amigavelmente o problema.

      O seu irmão deve guardar os produtos até que sejam retirados pela TIM, o que deve ser feito através de uma nota fiscal de devolução (preferencialmente) ou de um recibo com a identificação completa da transportadora e documentação de quem fizer a retirada.

      Excluir
  23. Oi marcio boa tarde,descobri que a claro colocou o meu nome no spc.confesso que no momento eu fiquei meu atordoada passei diretamente na loja do spc e peguei papel fui informada que a compra foi realizada em fevereiro de 2012,ao chegar em casa eu liguei para a claro que me informou que eu adquiri o plano controle 35,Marcio o unico problema é que a unica cois que eu tinha da claro era um chip pré que eu comprei pra minha filha mas nada,pedi os meus dados estavam corretos exceto pelo endereço que nao era o mesmo,me deram o numero do telefone e ao ligar pra lá,constatei ser de uma outra pessoa,eu sei que eu passei uma vergonha muito grande,quando descobri,e aclaro nao me deu nenhuma satisfaçao,todas as vezes queeu liguei e que pedi o numero de protocolo eles me diziam que era so no final de atendimento e surpreedentimente a ligaçao caia,Marcio eu nao comprei nao assinei e stou devendo o que eu devo fazer?será que eu posso entrar na justiça.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza você pode e deve entrar no Juizado de Pequenas Causas contra a Claro.

      Peça a anulação de todos os supostos débitos, a retirada do seu nome do SPC e o desligamento da linha feita indevidamente em seu nome, além de uma indenização por Danos Morais.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  24. Compra de um refrigerador e possível não entrega do produto.
    Mensagem: Boa tarde, No dia 12/03/2013 efetuei o pedido de um refrigerador na loja virtual Camp Magazine. No dia 13/03/2013 fiz o pagamento, via boleto bancário, de R$ 1039,99. Pagamento reconhecido no dia 15/03/2013 quando consegui meu ultimo contato telefônico e via Chat com a empresa. Após isso, o chat foi retirado do site, os telefones de contato não atendem mais e agora começou a aparecer diversas reclamações sobre a suposta clareza nos negócios deste site de ecommerce, nos sites de reclamações. Levei um tombo do site e não tem o que fazer agora. Antes de efetuar a compra, liguei no procon Campinas, entrei no site da receita federal e no cadesp.fazenda.sp.gov.br, em vários sites de reclamação e nada foi encontrada que pudesse prejudicar uma eventual compra. E agora tem algo a fazer? Dados da empresa. Nome fantasia: Camp MAgazine Razão social : L DE AZEVEDO LOPES - INFORMÁTICA - ME CNPJ : 17.398.894/0001-12 Endereço : R Emilio Henking, nº 656, Bairro Vila Rossi Borghi e Siqueira, Cidade Campinas/SP, CEP: 13.070-261 Data de inscrição cadastral: 29/11/2012 Por favor se puderem me passar alguma informação onde eu possa ter uma solução, agradeceria muito. Ótimo dia, obrigado! Att. Patrick Carvalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patrick,

      Pela sua descrição do acontecido e pela data de fundação da empresa tenha toda certeza que você efetivamente levou um ”tombo”, como você colocou, e dificilmente conseguirá ver o dinheiro de volta.

      De qualquer forma, como esta empresa é no Estado de São Paulo, consegui para você o contrato social da mesma, com o nome e endereço do sócio, Lucas de Azevedo Lopes, que te passarei para o teu e-mail, já que não posso publicar dados privados.

      Se você entrar no Juizado de Pequenas Causas, e/ou fazer uma Queixa-Crime na Delegacia, faça também contra o sócio.

      No Juizado peça, além da devolução do valor pago corrigido, uma indenização por Danos Morais.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
    2. Boa tarde,Marcio. Teria como vc me enviar esse contrato também? Pois estou passando pela mesma situação do amigo. Realizei uma compra na mesma e até agora ñ obitive resposta e nem produto. E vou tanto no procon quanto na delegacia. Deste já agradeço. Email: Annaterra_costa@hotmail.com

      Excluir
    3. Anna,

      Sem problema. Estou te passando o Contrato Socil deles por e-mail.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas, sugestões ou críticas.

      Excluir
    4. Boa tarde Marcio,
      Também tive problema realizando uma compra no Camp Magazine. Se possível, gostaria de receber o contrato para tomar as providências já descritas por você acima. Nesses casos existe esperança de reaver o dinheiro? Desde já, muito obrigado.
      Marcos - contato@luvri.com.br

      Excluir
    5. Marcos,

      Sem problema. Estou te passando o Contrato Socil da Camp Magazine por e-mail.

      Esperança sempre existe, mas não garantia, já que este pessoal já pode ter desaparecido.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas, sugestões ou críticas.

      Excluir
    6. Também tive o mesmo problema e já estou com a ação em andamento, porem os endereços que consigui citar no processo não existem, alguém tem o endereço da casa, da mãe ou um endereço valido deste vagabundo? tenho 10 dias para entregar novo endereço no juizado. Se conseguirem me ajudar ficaria grato. Neste contrato social consta o endereço? Gostaria de receber ele também. Obrigado.jorgejotasilva@gmail.com

      Excluir
    7. Jorge,

      Te passarei o Contrato Social da empresa por e-mail com o endereço dos sócios, mas nada garante que este endereço seja real.

      Excluir
  25. Por favor envie para mim, comprei uma mpressosa e fui lesado.
    casagde@uol.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem problema. Estou te passando o Contrato Socil da Camp Magazine por e-mail.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas, sugestões ou críticas.

      Excluir
    2. Olá tbm estou na mesma situação, será que poderia me enviar também? desde já fico grata.
      carla.darlin@hotmail.com

      Excluir
    3. Carla,

      Sem problema. Estou te passando o Contrato Socil da Camp Magazine por e-mail.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas, sugestões ou críticas.

      Excluir
  26. Olá, boa noite. Fiz a troca de um tablet por um netbook. O tablet apresentou defeito no cristal líquido no qual ele disse que a bateria tinha estufado e não havia esse defeito quando foi trocado. A pessoa que trocou quis trocar de volta, mas como peguei o netbook com defeito também, eu o arrumei com meu dinheiro e não quero devolvê-lo. Trocamos no dia 23/3 e ele reclamou do defeito dia 2/4. A pessoa disse que se eu não trocar entrará no juizado de pequenas causas. Eu não tenho culpa de o tablet ter ficado com esse defeito. Qual a chance de ele conseguir entrar com essa ação contra mim?
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila,

      A chance dele é nenhuma. Trata-se de uma troca entre pessoas físicas e de um produto usado sem nenhum contrato estabelecendo as condições da troca e o estado dos produtos trocados. Num caso destes nem existe o que julgar.

      Acredito que ele esteja somente ameaçando, mas de jeito nenhum vai perder o tempo dele entrando no Juizado.

      Excluir
  27. Gostaria do CNPJ e endereço da ShopMania. Tbm levei um tombo na CampMagazine
    thiagodsv@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O site deles informa que a empresa é sediada no exterior (http://www.shopmania.com.br/contact):

      SC ShopMania Net SRL
      Mihai Bravu, 10, Ploiesti, Prahova, Ploiesti, Prahova, 100550, RO
      VAT number: RO16451481

      Pela pesquisa que fiz não encontrei um CNPJ ou endereço no Brasil.

      Se isto é verdade, só resta você processar o site que eles anunciaram, no caso o CampMagazine.

      Estarei te passado o Contrato Social desta empresa por e-mail.

      Excluir
  28. Marcio, lembra de mim? fiz uma compra na CEJOTA e eles não entregaram o produto. Como sabe o site já saiu do ar e agora eles estão aplicando golpes no MINIMO VALOR. Fui na Policia mais eles meio que não fizeram nada. Como a Bacash foi a responsável pela transação fui tentar recorrer a ela no ressarcimento do meu dinheiro.
    O que a Bcash está fazendo é crime... De conformidade com o Código Penal brasileiro o estelionato é capitulado como crime econômico (Título II, Capítulo VI, Artigo 171), sendo definido como "obter para si ou para outro, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil ou qualquer outro meio fraudulento." Eles não assumem isso...e ficam me mandando a mesma mensagem automática de sempre:

    Informamos que as transações constam como concluídas e o valor foi repassado para a loja, pois não foi realizado o bloqueio do pagamento no prazo de 14 dias fornecido pelo Bcash.
    Em atenção a sua reclamação realizamos uma notificação ao lojista, solicitamos que aguarde o posicionamento da loja.

    O prazo de entrega era de aproximadamente 60 dias úteis por ser um produto do exterior, ficando inviável de cancelar em 14 dias.
    O que devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kamila,

      O que acontece é que estes sites com importação disfarçada escolhem este meio de pagamento para enganar o consumidor. O objetivo é exatamente este, avisam que a entrega demora até 60 dias e escolhem um meio de pagamento que só dá para reclamar em até 14 dias do pagamento.

      O BCash, como outros sites do gênero, não tem nenhum processo seletivo de clientes. Quem se cadastrar para receber dinheiro através deles automaticamente tem sua conta aprovada.

      O que não dá para entender é que depois de dezenas ou centenas de reclamações contra um site específico, eles não tomem nenhuma providência e continuem trabalhando para o site. A única explicação é que eles recebem um percentual sobre todos os pagamentos feitos e por isto fazem vista grossa para o que estes sites praticam.

      Pior do que isto, eles nem enviam um e-mail, avisando o cliente final, que o prazo para reclamar esta se encerrando. O cliente final, inevitavelmente, perde o prazo, pois jamais imaginaria que uma compra “protegida” estaria a risco se pagando através deste meio de pagamento. O prazo de reclamação não é informado em nenhum momento durante e depois do pagamento, mas somente em locais escondidos dentro do site do BCash (como também dos outros).

      No fundo você tem razão é uma grande armação que envolve os sites de importação disfarçada e os meios de pagamento onde ambos lucram e o único prejudicado é o cliente final.

      Sugiro você entrar no Juizado de Pequenas Causas contra o Cejota, seus sócios e o BCash, pois no caso do BCash trata-se claramente de propaganda enganosa, já que eles jamais poderiam anunciar “Segurança para quem compra” e “Lojas credenciadas e de confiança” como eles fazer no link https://www.bcash.com.br/o-que-e-bcash.html e agir como eles agem.

      Peça, além do valor pago corrigido em dobro, uma indenização por Danos Morais. Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  29. boa noite!eu contratei a seguradora de automoveis MARITIMA mas como não fiquei com o carro logo liguei pra cancelar o seguro,eles disserão que iam me reembolsar em 7 dias uteis,obs:cancelei o seguro no prazo de quatro dias uteis;e até agora não veio nada e ainda mais cobraram mais uma fatura que era em debito em conta corrente,minha conta está negativa por causa disso.comm devo proceder????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre com uma reclamação contra a Maritima como indicado no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2010/02/como-reclamar-e-resolver.html

      Se não funcionar, entre no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil) contra a Maritima pedindo a devolução de todos os valores pagos e o cancelamento do seguro, além de uma indenização por Danos Morais.

      Você está respaldado pelo artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor que dá 7 dias de prazo para o arrependimento de qualquer aquisição, produto ou serviço, feita fora do estabelecimento do vendedor.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  30. Comprei no site da Leader pela internet no dia 20/02/13, um aparelho de jantar e um telefone sem fio; depois de mais de um mês me foi entregue o aparelho de jantar( que era para presente de casamento), com os pires e pratos quebrados, pedi para trocar e eles não atenderam, então pedi o cancelamento devido a demora e assim já vai completar 3 meses nesse problema; eles dizem que vem pegar o aparelho de jantar e não dão prazo e dizem que só depois que pegarem o aparelho de jantar vai haver o estorno do dinheiro pago; o que faço??? Gostaria de uma orientação como proceder, sem mais, desde já Muito Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre com uma reclamação contra a Leader como indicado no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2010/02/como-reclamar-e-resolver.html

      Se não funcionar, entre no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil) contra a Leader pedindo a devolução do valor pago corrigido, além de uma indenização por Danos Morais.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
    2. Fiz uma reclamação pelo site reclamao.com; eles( a Leader); me enviaram um e-mail me informando que os correios iriam buscar o aparelho em minha casa até o dia 22/04/13, fiquei esperando e não apareceu ninguém, e depois me enviaram outro e-mail me dizendo que eu que tinha que levar aos correios para ser entregue o aparelho de jantar. Já que eles gostam de enrolar o cliente, eu vou entrar na justiça, senão isso não acaba nunca. Obrigada pela ajuda e esclarecimento. Iêda Souza

      Excluir
    3. Obrigado por nos atualizar sobre a sua experiência.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas, sugestões ou críticas e nos informe sobre sua experiência no Juizado para poder ajudar outras pessoas com o mesmo problema.

      Excluir
  31. olá, boa tarde!!
    em 15 de dezembro de 2012, assinei um contrato de promessa de compra e venda de um imovel, onde transferi 5000,00 como sinal, a compra seria direto com o proprietario que ainda não tinha feito o financiamento junto a construtora cury, após tres meses e varios impecilhos colocados pela construtora conversei com o corretor que me informou que ia cancelar o contrato e me devolver o valor pois essa era uma clausual contratual, porém ate hoje não fez o contrato de cancelamento e não me devolveu o valor, gostaria de saber se tenho como procurar meus direitos em pequenas causas, o corretor me disse que vai devolver o dinheiro mas não sabe quando.
    Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normalmente um recibo de sinal de compra de um imóvel dá direito a devolução em dobro em caso de não cumprimento do contrato por um problema do vendedor, independente do problema. Isto porque se o problema for do comprador normalmente a punição é perda do sinal. Isto é em ambos os caso, ou o comprador ou o vendedor, tem que perder o valor correspondente ao sinal.

      Portanto, entre no Juizado de Pequenas Causas, contra o vendedor pedindo a devolução do valor pago em dobro, além de uma indenização por Danos Morais.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  32. anonimo 21 de abril de 2013 22:35 Em 2012 não consegui pagar os tres ultimos meses de escola de minha filha mais uma divida 2011 no valor de 1800,00 que deveria ser pago em dez vezes de 180,00. Em janeiro procurei a escola pra fazer a rematricula somei tudo e tinha dinheiro pra pagar 30% da divida e dividir o resto em dez vezes mais a escola não quis disse que teria que pagar 50% se nao não poderia fazer a matricula. Eu não tinha o dinheiro expliquei a situação e não adiantou, meu marido foi a escola falou com a dona da escola e também não conseguiu, começou as aulas e minha filha estava sem fazer a rematricula e não conseguia vaga em nenhuma escola publica pra fazer a transferencia, então a minha mãe foi até a escola na tentativa de fazer a rematricula nas condições que cabia dentro do que eu podia pagar e para o meu espanto disse que tinha conseguido que poderia mandar a minha filha pra escola e que depois me entregaria os boletos o qual tinha feito um acordo. Quando estava proximo do pagamento procurei a minha mãe para pegar os boletos e para meus espanto a escola sem a minha autorização, imprime os boletos no nome de minha mãe uma senhora de 75 anos ou seja fez um outro contrato no nome de minha mãe, com va valores que eu não teria condições de pagar. Comecei mais que depressa procurar vaga numa escola publica e consegui só no final de março, hoje minha filha esta numa escola publica mais tenho uma pendencia na escola particular, gostaria de saber se escola podia fazer um outro contrato no nome de outra pessoa sem a autorização dos pais com valores que eu já havia falado que não poderia pagar? Gostaria de saber se posso passar o contrato de novo no meu nome e pagar o que eu realmente tenho condições e se a escola agiu dentro da lei , pois minha filha é menor de idade, e estava proibida de frequentar aulas, até que resolvesse a transferencia dela de escola, ou seja fui impedida de fazer a matricula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se sua mãe foi na escola e fez o acordo, fazendo a matrícula ela automaticamente passou a ser responsável pela dívida. Neste caso qualquer pessoa, independente da autorização dos pais poderia ter feito o mesmo, até porque se trata de um contrato de prestação de serviços como qualquer outro.

      Também a escola não é obrigada a aceitar um aluno, o que ela não poderia fazer seria segurar o seu Histórico Escolar ou impedir ela de fazer provas ou frequentar um ano letivo em andamento. Neste caso, ela agiu sem desrespeitar a lei.

      A passagem da dívida para seu nome vai ficar a critério da escola e se não houver pagamento eles podem colocar o nome da sua mãe no SPC/SERASA.

      Excluir
  33. Olha essa oi esta me dando muito trabalho, e sem dizer que devido os problemas que vem causando na minha vida,problemas estes de saúde,porque estou para dar um infarto de ligar e ligar e pagar e pagar as minhas contas e fazer reclamações pois alguns incompetentes da que prestam serviço pra oi cortaram o fio da minha linha telefone e sem dizer que sem mentira algumas tenho mais de 50 protocolos e agendamentos para resolver meu problema que e meu telefone fixo mudo desde setembro do ano passado ate certo mes de abril de 2013,e sem dizer que ficam me enrolando a todo momento eu moro no interior do maranhão e aque na minha cidade campestre-ma so pode ave uma equipe de furto e ladrões que trabalham para a empresa da OI que absurdo gente sincera mente decepcionada,sem dizer que liguei varias vezes pedindo que aumentasse minha oi velox para 1 mega b,e eles disseram que minha localidade não tinha capacidade de receber os tais megabayts citados eu uso 600kbs mais porem ha algo de errado a certa equipe que anda a fazer certas coisas aque na minha cidade deve esta receber uma quantia muito alta de propina,pois eu fui em uma lan house um siber e fui testar a velocidade da tal nete deste siber e estava a dar mais de 8 mega que ridículos e mentirosos,poderiam prestar serviço para clientes como eu ,voce que pagar direito e em dia suas contas para a enpresa oi,que pelo contrario nem se quer se flexibiliza para resolver os problemas dos clientes que cumprir com seu dever!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes de entrar com uma ação no Juizado de Pequenas Causas contra a OI, que é demorada, tente seguir o recomendado no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2010/02/como-fazer-reclamacao-na-anatel.html

      Excluir
  34. Gostaria de saber se Empório Moderno / Jóias e Semi-Joias, em aço, prata e ouro (atendimento@emporiomoderno.com.br) é uma loja virtual segura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kamila,

      Não totalmente confiável, pelos seguintes fatos:

      1)O site está registrado em nome do CNPJ 07.124.202/0001-94 com a razão social R G Gudolle Comércio de Jóias (http://whois.domaintools.com/emporiomoderno.com.br) , só que consultando este CNPJ na Receita Federal esta empresa foi baixada em 11/08/2010, menos de 6 meses após o registro do site;

      2)A razão social que consta no CNPJ é outra, R & D BRASIL COMERCIO E REPRESENTACOES LTDA – ME, diferente da que consta no registro do site;

      3)Eles não publicam no site o CNPJ e endereço da empresa.

      Por outro lado:

      1)Eles não tem nenhuma reclamação no Reclame Aqui, que é o principal site de reclamações (http://www.reclameaqui.com.br/indices/lista_reclamacoes/?id=38732&tp=9403f4c8cd5af61c485541e9444950c069c79ffa&subtp=c92a9bc341d739044ff5400661d44a60a808be22);

      2)Eles aceitam meios de pagamento indireto, como o PayPal, que te permite reclamar em até 14 dias se você não receber.

      Se quiser comprar, faça antes uma experiência com valor pequeno e usando uma destas formas de pagamento garantido. Se não receber em até 14 dias do pagamento, não deixe de entrar imediatamente com o bloqueio do pagamento.

      Excluir
  35. Baradel E-commerce (http://baradel.com.br/mouse-gx-gaming-genius-3101016210gila-prof1botoes-mmorts-games-820dpi-usb-7993.html) é uma loja segura?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Baradel.com.br tem todos indícios de uma loja confiável:

      1) Publicam Razão Social, CNPJ e data de fundação no site (http://baradel.com.br/pagina/site/empresa/);

      2) O site é registrado em nome desta mesma empresa (http://whois.domaintools.com/baradel.com.br);

      3) Estes dados conferem com os dados na Receita Federal (http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/cnpjreva/cnpjreva_solicitacao.asp);

      4) O número de reclamações deles no site Reclame Aqui (maior site de reclamações do Brasil) é desprezível para o tempo de existência deles (desde 02/08/2000) (http://www.reclameaqui.com.br/indices/lista_reclamacoes/?id=37257&tp=9403f4c8cd5af61c485541e9444950c069c79ffa&subtp=c92a9bc341d739044ff5400661d44a60a808be22).

      Pode comprar sem susto.

      Excluir
  36. Quero comprar um produto que achei em conta nessas duas lojas, mais como não são muito conhecidas eu to com um pouquinho de medo. Mycompras (https://www.mycompras.com.br/loja/checkout/cart)e Lupusnet (http://lupusnetshop.com.br/mouse-gx-gaming-genius-3101016210gila-prof1botoes-mmorts-games-820dpi-usb-13340.html) são seguras?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nenhum dos dois sites está na lista de sites não confiável do Blog:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/nao-compre-nestas-empresas.html

      Toda compra não deixe de consultar esta lista.

      O site MyCompras.com.br publica a razão social, CNPJ e endereço no site (http://www.mycompras.com.br/loja/about_us), estes dados coincidem com o registro do site (http://whois.domaintools.com/mycompras.com.br), os dados conferem na Receita Federal (http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/cnpjreva/cnpjreva_solicitacao.asp), não tem reclamações significativas na Internet e aceitam o BCash, onde você pode bloquear o pagamento caso não receba em até 14 dias (mas não deixe de bloquear). Pode comprar sem susto.

      O site LupusNetShop.com.br publica a razão social e CNPJ no site (http://lupusnetshop.com.br/pagina/site/empresa/), estes dados coincidem com o registro do site (http://whois.domaintools.com/lupusnetshop.com.br), os dados conferem na Receita Federal (http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/cnpjreva/cnpjreva_solicitacao.asp), a empresa está aberta de 2003, tem 24 reclamações no Reclame Aqui (http://www.reclameaqui.com.br/indices/lista_reclamacoes/?id=46858&tp=9403f4c8cd5af61c485541e9444950c069c79ffa&subtp=c92a9bc341d739044ff5400661d44a60a808be22), mas a o que não é muito e a maioria respondida e aceitam o BCash, onde você pode bloquear o pagamento caso não receba em até 14 dias (mas não deixe de bloquear). Pode comprar sem susto.

      Excluir
    2. Que dica furada! Há centenas de reclamações sobre a loja virtual Lupusnet no Reclame Aqui. Eu mesma comprei um produto na 1a. quinzena de dezembro passado e até hoje não recebi. A empresa só dá a impressão de ser séria, mas é a maior golpista que já conheci, infelizmente.

      Excluir
    3. Respeito sua opinião, mas não concordo contigo. Coloquei minhas razões acima. Todas as empresas, sem exceção, têm problemas, principalmente nas exceções, mas isto não significa que não sejam confiáveis. Se problemas fosse sinônimo de falta de confiabilidade, neste caso deveríamos parar de comprar de todo mundo.

      Excluir
    4. Marcio, fui outro que comprei na Lupusnet e não recebi, são golpistas!

      Excluir
    5. Siga o recomendado no seguinte artigo para resolver seu problema:

      http://www.resolvaja.com/2013/04/peticao-pedido-nao-entregue-para-o.html

      Excluir
  37. BOA TARDE ,ESTOU C/ UM PROBLEMAO C/ A VIVO FIXO .FAZ MAIS DE 22 DIAS QUE PEDI UMA TRANSFERENCIA DE ENDEREÇO DO MEU TELEFONE ,TENHO VARIOS PROTOCOLOS FEITOS
    UM JOGA P/ O OUTRO ,E NAO RESOLVE NADA, USO ESTE TELEFONE NA EMPRESA ,QUE SERA QUE VAI PAGAR MEU PREJUIZO ,HJ APELEI P/ A NATEL ,ME PEDIRAO MAIS 5 DIAS P/ RESOLVER ,ENQUANTO ISTO VOU ACOMULANDO PREJUIZO ,VOCEIS ACHAO QUE PODE UYMA COISA DESTA ,A CONTA ELES NAO ESQUEÇE NUNCA DE MANDAR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura,

      Além da reclamação na ANATEL, faça uma reclamação também no Jornal "O Globo". Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2010/02/como-fazer-reclamacao-na-anatel.html

      Excluir
  38. Dia 28/05/2013 resolvi fazer o cadastro na Catho Online para participar da
    promoção por 7 dias gratuito conforme informa no site, e caso não queira
    continuar com o cadastro, com 6 dias, cancelo a assinatura para não ser
    cobrada, e assim iria fazer, mas isso nem aconteceu, comecei a fazer o
    cadastro e logo abriu a página para inserir a forma de pagamento, inseri os
    dados do cartão de crédito e a cobrança foi gerada de imediato. O fato é que
    antes de gerar a cobrança, não fui informada que já existia um cadastro
    desde 2003 o qual não lembrava, só depois de ter inserido meus dados do
    cartão de crédito que fui informada que não tinha direito a promoção de 7
    dias gratuito.
    Como não posso pagar, cancelei a assinatura de imediato, entrei em contato
    com a Catho para estornar o valor que foi cobrado e eles falaram que isso
    não pode ser feito. Ai eu pergunto: é justo eu pagar por uma coisa que não
    vou usar? Afirmo que a assinatura está cancelada e como pode verificar,
    meus dados estão todos desatualizados no site da Catho como foi feito o
    cadastro no ano de 2003.
    Conforme documentos em anexo, a assinatura foi trimestral, no valor total de
    R$ 179,10 em 3 parcelas de R$ 59,90.
    Peço que a Catho resolva este problema fazendo a transação de
    cancelamento com isso efetuar o estorno no meu cartão.

    Como já procurei o PROCON dia 03/06/2013 e dei entrada no processo, gostaria de saber se posso procurar o Juizado de Pequenas Causas pedindo Danos Morais, altém do stress que estou passando como o traca troca de email's com a Catho Online.

    Ana Alice Barbosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana,

      Sem dúvida você pode entrar com uma ação no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil) mesmo já tendo procurado o Procon.

      O artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor garante o direito de arrependimento de compras de produto ou serviços feitos pela internet ou telefone em até 7 dias da contratação ou entrega do mesmo com a devolução de todos os valores pagos corrigidos:

      ”Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

      Parágrafo único. Se o consumidor exercitar o direito de arrependimento previsto neste artigo, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos, de imediato, monetariamente atualizados.”

      Peça além da devolução dos valores pagos, uma indenização por Danos Morais.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  39. Boa noite!

    Vou descrever o ocorrido:
    Por duas vezes nesse ano aconteceu de estar vindo fatura da net com valor indevido, pois nelas estavam cobrando diversos PPV(Pay Per View).
    Entrei em contato com a central de atendimento e a atendente disse que era EU quem havia contratado os PPV's pelo controle remoto.
    Pois bem, eu NÃO contratei pacote ou PPV algum e cogitei a ideia de haver "gato" na minha residência, e eles disseram ser impossível.
    Ok, Depois de muito TRANSTORNO eles estornaram a fatura...
    Agora depois de uns meses em AGOSTO/2013 meu telefone residencial quebrou e usamos somente celular desde então.
    Agora descrevo o mais interessante:
    Na fatura de Setembro/2013 consta aproximadamente R$ 42.00 de ligações pra fixo.
    E se não bastasse ainda cobraram EXATOS R$ 210,00 de PPV.
    Ou seja, está havendo cobranças indevidas!!!!!!!!!
    Na central pediram pra aguardar 4 dias...

    não sei mais o que faço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre com reclamação na ANATEL e nos jornal "O Globo" como explicado no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2010/02/como-fazer-reclamacao-na-anatel.html

      Também sugiro você fazer um bloqueio através de senha em todos os decodificadores da sua casa, pois de forma desonesta a NET coloca uma senha padrão (que inclusive mostra na tela) de forma a qualquer pessoa que tiver acesso a sua casa poder usar a programação. Isto já aconteceu comigo.

      Veja como colocar a senha junto ao SAC da NET.

      Excluir
    2. Eles mandaram a fatura com os devidos estornos hoje de manhã.

      Só que já estou vendo outras operadoras, pois vou trocar.

      Obrigado pela dica Marcio!

      Excluir
    3. De nada.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas, sugestões ou críticas.

      Excluir
  40. olá boa tarde como devo proceder? solicitei um cartao de uma loja , porem este cartao nao chegou ate mim , mas me ligaram falando que existem compras feitas com esse cartao, muitas compras, bloqueei o cartao e cancelei, o que vier na minha fatura eles falaram que eu tenho que enviar um fax de contestação dizendo que não reconheço as compras ai eles disseram que vão tirar essa divida que não é minha, mas tenho minhas duvidas, caso não resolvam o problema o que devo fazer? no aguardo obrigada ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este é o procedimento normal do Cartão de Crédito. Envie a carta de contestação que estes débitos indevidos serão anulados e será emitido um novo cartão para ser enviado para você. Certifique-se de que eles receberam a carta para não haver problemas posteriores. Caso eles não cancelem os débitos o único jeito é entrar no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil) contra eles.

      Excluir
  41. grata pela resposta !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas, sugestões ou críticas.

      Excluir
  42. foi comprado algum materiais , e ficou de entregar no fim de novenbro
    estes ,porem faltou os revestimentos e ai comecou a enrrolacao ,
    disisti pois fiquei muito nervoso e estressado de varias respostas da
    enpresa ( enrrolando) , entao fui e desfiz a compra e pedi estorno do
    meu dinheiro pois esperi 45 dias e nada dos revestimento , *** entao
    fiquei muito irritado pois paguei 9.000,00 a vistinha no dinheiro e
    eles vao devolver o dinheiro depois de 15 dias uteis ou seja paguei na
    hora eles usaram meu dinheiro ,fiquei sem material pagando diaria de
    pedreiro , , senti frustado e lesado moralmente
    Resposta:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre com uma ação no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil) contra a empresa conforme explicado no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2013/04/peticao-pedido-nao-entregue-para-o.html

      Excluir
  43. Boa tarde, Márcio.
    Estou tendo um problema com a loja Saraiva. Comprei alguns DVDs e tive que pedir o cancelamento da compra pela demora da entrega. No mês de julho/13, recebi um email com a confirmação do cancelamento e da devolução dos DVDs pela transportadora à Saraiva, assim como o número do protocolo da devolução e reembolso. Como fiz parcelado no cartão de crédito, fui informado que estaria sendo feito o cancelamento das cobranças e a devolução das possíveis parcelas cobradas. Contudo, estamos em dezembro e mesmo tendo feito vários contatos telefônicos e já ter mandado reclamações no site deles, continuam sendo descontadas as parcelas e nada foi devolvido até agora. Nos contatos telefônicos sempre me dizem que será resolvido na próxima fatura, mas... Então, como eu poderia resolver essa situação? Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonard,

      Entre com uma reclamação contra a Saraiva como indicado no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2010/02/como-reclamar-e-resolver.html

      Se não funcionar, entre no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil) contra a Saraiva pedindo a devolução do valor pago corrigido, além de uma indenização por Danos Morais.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
    2. Leonard,

      De nada.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas sugestões ou críticas.

      Excluir
  44. Márcio, bom dia, continuo com meu probleminha com o site Pank, hj meu produto faz exatamente 3 meses que foi comprado, pago e ainda não chegou, conforme correios continua em trânsito, gostaria de entrar com a petição que vc me orientou outrora, mas não consigo achar os dados do site Pank, cnpj e essas coisa, e outra dúvida, eles se dizem apenas ser um canal entre consumidor vendedor, faço oque entro contra quem, me ajuda, aguardo...obrigada de novo Adriana Pegoraro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana,

      Os dados do site Pank.com.br, de acordo como a Receita Federal, são os seguintes:

      CNPJ: 14.237.822/0001-03
      D&L SERVICOS DE INTERMEDIACAO DE NEGOCIOS E SOLUCOES WEB LTDA
      AV. PAULISTA, 726 / CONJ 1303 (PARTE) 13 AND – BELA VISTA
      01.310-100 – SÃO PAULO – SP

      Só que pelo Contrato Social eles mudaram de endereço, mas ainda não informaram a Receita Federal:

      RUA PASCHOAL BARDARO, 1736 - JARDIM BOTANICO
      14.021-655 - RIBEIRAO PRETO – SP

      Baixe pelo seguinte link o Contrato Social com os dados completos:

      https://drive.google.com/file/d/0B7yPBpr6ruDieGE1QnZHWkI5blk/edit?usp=sharing

      Excluir
    2. Quanto a esta desculpa de eles serem apenas um canal, não cola, pois você comprou e pagou com eles, portanto, eles são 100% responsáveis pela venda.

      Dá próxima vez que comprar, não esqueça de consultar a lista de sites não confiáveis que publico no Blog:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/nao-compre-nestas-empresas.html

      Excluir
  45. Gostaria de uma orientação.

    Meu filho joga em uma escolinha de futebol, aqui na minha cidade, Campinas. Na última terça-feira
    seu celular foi furtado de dentro da sua mochila, dentro do campo. Fui a escola, reclamei, levei o BO,
    a nota fiscal, e nada de me atenderem. Hoje liguei novamente na escola, e eles me informaram que o
    dono acionou seu advogado e que não conversaria comigo. Meu filho, só chora, não dorme, tem
    problemas de TDAH, está deprimido.

    O que eu faço, já que ele comprou esse celular juntando sua mesada, durante 5 meses, e foi comprado
    apenas a 2 semanas.

    Grata, e no aguardo de sua resposta desde, já

    Silvana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Silvana,

      Entre com uma ação no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil), contra a Escolinha de Futebol, pedindo o ressarcimento do valor pago pelo celular corrigido (anexa a Nota Fiscal do mesmo como prova), além de uma indenização por Danos Morais. O ideal é ter uma testemunha não familiar para comprovar que o seu filho estava com o celular na Escolinha. Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  46. Olá, Marcio. Tudo bem?

    Gostaria de receber uma orientação.

    Possuo uma conta e não consigo ter acesso a conta eletronica que esta bloqueada, porq errei 3 vezes a senha.

    Como pra mim é inviável fazer pessoalmente o desbloqueio. Fiz uma procuração pública para minha mãe para cadastrar uma nova senha. Ela se direcionou a agencia com todos os documentos em mãos, mas passados 3 meses desde a primeira vez, o problema encontra sem solução.

    O gerente do banco alegou no inicio que minha conta era uma ICONTA, que nao seria possivel o cadastramento da nova senha. E apos muita insistencia e aguardando uma semana, ele alegou que nao seria possivel porque ainda nao tinha sido cadastrado a procuração a conta. E o ultimo argumento foi que não constava na procuração, financiamento. Mas o que o financiamento tem haver com senha? Na procuração consta claramente, cadastramento de senha.

    Já procurei o SAC, OUVIDORIA E BANCO CENTRAL e nenhum deles foram capazar de apresentar uma solução para o meu problema. Somente para aguardar 5, 10 dias uteis para solução e até agora nada!

    Cansei de esperar, pois nesse meio tempo foram 3 meses de dinheiro parado na conta corrente.
    Minha pergunta é, seria favorável pra mim abrir um processo contra essa instituição para ressarciamento de juros que nao rendeu nesse periodo e processo criminal contra o gerente q ao meu ver está agindo de má-fé ? Obrigado e aguardo resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entre com uma ação no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil) contra o Banco pedindo a correção monetária e os juros sobre o dinheiro parado, além de uma indenização por Danos Morais. Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
    2. O juizado de pequenas causas é muito cheio na minha cidade. Estou entrando em contato com um advogado, mas ele disse que o motivo é pouco para tentar uma indenização de Danos Morais.

      Só mais uma coisa, agora o banco diz q não aceita mais a procuração porq se passaram 3 meses desde sua emissão. Só que quando minha mãe deu entrada, a procuração estava dentro desse prazo.

      Na sua vasta experiencia, saberia me responder se valeria a pena dar prosseguimento com uma ação? Quais seriam minhas chances? Obg!!

      Excluir
    3. O advogado tem razão, as chances são muito pequenas. Na realidade mesmo que você tenha razões pessoais que te impeçam de ir pessoalmente ao banco, o mesmo não poderia ser responsabilizado por isto.

      Não digo que as chances são nulas, pois alguns juízes dão sentenças surpreendentes nestes tribunais, mas mesmo que isto acontecesse o Banco recorreria para outras instâncias e neste caso a chance seria muito menor.

      Excluir
  47. Olá marcio.

    Comprei um carro de uma conhecida e ela me disse que o carro tava tudo certo com a documentação , só que ela comprou o carro e não tinha passado pro nome dela , ela foi a segunda pessoa que comprou o carro e não passou pro nome.
    O documento do carro está em nome de erick , ele vendeu o carro pro willian e o willian vendeu pra maria que foi a mulher que me vendeu.
    Ao usar o carro pela primeira vez ele teve problemas mecânicos onde gastei por volta de R$500,00 .
    Como sou estudante universitário a grana tava curta pra mexer com a documentação do carro e deixei o carro parado na garagem de casa.
    E nisso se passaram 2anos .
    Apareceu um comprador pro carro e ao fazer a vistoria foi constatado que o bloco do motor tava pinado.
    Entrei em contato com a maria que foi quem me vendeu e ela não quer resolver o problema.

    Como posso proceder nesse caso ?
    Pois não quero ficar com o carro pois não gosto de nada errado.
    Paguei pra maria R$5.000,00 no carro mais os R$500,00 do mecânico , só quero meu dinheiro de volta .

    Desde já agradeço pela atenção.

    Ass: Bruno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno,

      Infelizmente não existe nada que possa ser feito. Não existe garantia na venda de um produto usado entre Pessoas Físicas. Mesmo a questão da documentação se não houve um documento em que a vendedora declarou que toda a documentação estava ok, foi como se você tivesse comprado já sabendo dos problemas com a documentação.

      Excluir
    2. Você acha que não compensa eu tentar ?
      Poxa ela agiu de má fé.

      Excluir
    3. Bruno,

      Não compensa, seria pura perda de tempo.

      Uma coisa é afirmar que ela agiu de má fé, outra é provar.

      Excluir
  48. Olá Marcio? abri um processo contra a Goias Cobranças já esta com quase 02 anos,ate carta precatória já foi enviada e nem uma solução,sei que errei em ter processado apenas a Goias Cobranças e deixado a Moip de fora mais queria sua ajuda pois tenho duvidas se ainda posso colocar a Moip ou não.?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode fazer uma petição para o Juiz incluir a Moip como corréu, mas isto não implica que o juiz aceite esta inclusão. Se ele não aceitar você pode desistir da ação e entrar com uma nova, onde já conste a Moip como corréu.

      Veja um modelo de petição no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2013/04/peticao-pedido-nao-entregue-para-o.html

      A empresa “Goiás Cobranças” manda que toda correspondência seja devolvida, exatamente para fugirem dos processos, que existem aos milhares. Sugiro você anexar o CNPJ atualizado mesmo no processo. Para conseguir uma cópia atualizada do CNPJ, basta entrar com o mesmo no seguinte site:

      http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/cnpjreva/cnpjreva_solicitacao.asp

      Você deve pedir também para que os sócios sejam notificados. O endereço dos mesmos está no contrato social da Goiás Cobrança. Anexe também o Contrato Social da Goiás Cobrança no processo. Você terá que baixar o arquivo com o Contrato Social da Goiás Cobrança, no seguinte link:

      https://docs.google.com/file/d/1hgQUIq4EQQxfY-3-yWxyNdYfAvBxi6OPbyoeFvTNioTdC7cFMex_TVGyEmdT/edit?usp=sharing

      Alguns juízes entendem que em casos destes o reclamado está claramente fugindo da justiça e dão ganho de causa para o reclamante à revelia do reclamado, mas infelizmente isto é raro.

      Excluir
    2. Ao inicio da próxima semana já vou agir conforme instruções aqui prestadas pelo amigo Marcio,qualquer novidade lhe informo,obrigado pelo incentivo.

      Excluir
    3. De nada.

      Fique a vontade de colocar novas dúvidas, sugestões ou críticas.

      Excluir
    4. Boa tarde Marcio? tentei colocar a MOIP juntamente com o processo no qual constava apenas a GOIAS COBRANÇAS mais não foi aceito,agora vou encerrar o mesmo abrir um outro colocando a MOIP,Marcio por favor se você tiver alguma coisa que possa me auxiliar pois estas empresas parceiras gostam sempre de se esquivar,Marcio me auxilie neste caso e não esquecerei e serei mais que grato.

      Excluir
    5. A MOIP é uma empresa intermediadora de pagamentos que teoricamente garantiria o recebimento da mercadoria. Isto inclusive era insistentemente colocado na publicidade deles. Só que o parceiro deles, o Compre da China, representado pela Goiás Cobranças, tem um prazo de entrega anunciado superior ao prazo máximo que o cliente tem para reclamar na MOIP.

      A MOIP jamais poderia aceitar intermediar um pagamento nestas condições, pois está emprestando a sua “credibilidade” a uma empresa que promete entregar num prazo maior do que o máximo para reclamar no MOIP. Certamente isto torna a MOIP corresponsável pela falta da entrega do produto, já que a MOIP lucra um percentual da venda emprestando sua credibilidade para uma empresa que não tem nenhuma credibilidade.

      Excluir
  49. Boa tarde.

    Meu nome é Alberto e a cerca de 1 mês meu carro estava parado em frente a casa da minha sogra quando um veículo perdeu o controle e bateu na traseira do meu carro, fiz o B.O. e a pessoa me disse que iria me pagar pelo prejuízo, como tenho seguro e ela não mandei meu carro para o conserto pagando o valor da franquia em 3 vezes.

    Já se passaram 1 mês e pelo que estou percebendo vou levar um calote, gostaria de saber se colocar em pequenas causas qual a chance de ganhar e quanto tempo isso poderia levar?

    Muito Obrigado

    Alberto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alberto,

      As suas chances de ganhar são grandes, mas isto não significa que você irá conseguir o dinheiro de volta.

      Se você ganhar a causa e a pessoa não pagar, faça uma petição para o juiz bloquear o valor numa conta bancária do réu.

      Se o réu não tiver saldo em contas bancárias, faça uma petição para o juiz colocar o réu no SPC/SERASA. E aí termina sua munição no Juizado.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  50. Boa tarde, gostaria de uma ajuda para uma duvida.
    A cerca de de um mes mudei para guaratingueta, e tive problemas com a empresa de mudanças DO CARMO MUDANÇAS E TRANSPORTES, LOCALIZADA EM SÃO PAULO que danificou moveis e objetos e tambem sumiu com varios itens entre eles maquina fotografica, ipod, e outros, tive tambem problemas com a empresa BELLA COLCHOES LOCALIZADA EM SÃO PAULO onde encomendei e paguei por cama e colchoes novos e uma das camas deu problema, porem ambas se recusam a arcar ou reparar danos, no caso da bella colchoes eles querem que eu pague um frete antecipado para eles virem aqui em guaratingueta, mas quem garante que eles venham? isso é certo?gostaria de saber se posso aciona los por pequenas causas de guaratingueta, pois tenho uma mãe idosa que mora comigo e não poderia deixa-la aqui para viajar para são paulo.

    no aguardo de resposta
    obrigada

    ResponderExcluir
  51. Certamente você pode mover uma ação no seu domicílio, Guaratinguetá, independente de onde se localizam as empresas.

    No caso da empresa de mudança, peça como Danos Materiais, o valor correspondente aos objetos perdidos e conserto dos objetos danificados (são necessários comprovantes nestes casos), além de uma indenização por Danos Morais.

    No caso da empresa de colchões, peça a devolução do valor pago, já que eles negam resolver um problema em garantia, além de uma indenização por Danos Morais.

    Veja como proceder no seguinte artigo:

    http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

    ResponderExcluir
  52. Ola,tenho duvida que e a seguinte,eu tenho um dinheiro pra receber de uma cliente vendi pra ela na promissória e depois ela nao quis me pagar..peguei todos os dados delas e entrei no pequenas causas,e ja esta marcado a audiência..só que agora ela me ligou falando que vai me dar um pouco do dinheiro(que na vdd nem se quer e a metade do que ela me deve),sera que posso receber? antes da audiência ? mesmo sendo so um pouco? Ou isso me dará mais problema no dia da audiência ?
    desde já muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe a demora em responder, mas estava viajando.

      Você pode receber, mas indique no Recibo que ainda falta o pagamento do saldo restante corrigido. Isto certamente diminui a força da ação, mas não a elimina.

      De certa forma é melhor um passarinho na mão do que dois voando, pois nada impede de mesmo a pessoa perdendo a ação você não ver a cor do dinheiro. Se a pessoa não pagar, tendo perdido a ação, você terá que pedir o bloqueio do valor em alguma conta bancária. Se a pessoa não tiver nenhum saldo só resta pedir para incluir o nome dela no SPC/SERASA. Portanto, nada é certo se tratando de justiça.

      Excluir
  53. oi, td bem? eu fiz uma compra em um site americano por boleto bancário, a conta foi paga para a Global Collect do Brasil, porém até agora não repassaram o dinheiro para empresa, o que devo fazer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe demorar em responder, mas estava viajando.

      Entre com uma ação no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil), contra a Global Collect do Brasil, pedindo a devolução do valor pago, além de uma indenização por Danos Morais. Anexe como prova o pedido e mensagens trocadas. Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  54. Bom dia.

    Alguém pode me informar como posso resolver meu problema?...
    No mês de abril recebi ligação de uma LOJA DA CLARO me dizendo que o meu plano estava com direito a um celular (pontos CLARO CLUBE), e que para eu ter o celular ele estaria mudando a minha internet de 3G p 4G. O rapaz perguntou o modelo do celular eu informei (IPHONE 5) o mesmo respondeu que o celular suportava a internet 4G. Dias depois recebi o celular Moto G no qual era gratuito em vista dos pontos em meu serviço, com ele havia um contrato. Consta que no dia seguinte procurei saber como funciona o sinal 4G... fui informada que na cidade que resido não pega o sinal. Ou seja o rapaz sabia a cidade que morava e não informou que não havia sinal 4G. Dias depois fui ate a LOJA CLARO e indaguei o rapaz que o meu celular não suportava tal plano oferecido. Com DEVOLVI o celular que vinculava a fidelização nesse plano, visto que o celular ainda estava lacrado. Solicitei o cancelamento do plano. Pedindo que voltasse ao meu plano anterior. Ao passar 2 meses observei na minha conta que o plano não foi alterado. Entrei em contato com a LOJA CLARO a mesma falou que não estava em seu alcance alterar o plano. Que o caso tinha sido passado p o Gerente Geral. Consta que ate hoje não tive resposta da alteração do plano. O que devo fazer???. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe demorar em responder, mas estava viajando.

      Entre com uma ação no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil), contra a Claro, por “propaganda enganosa”, pedindo a devolução do valor pago a mais, em dobro e corrigido, pela nova assinatura, em todos os meses que ela estiver vigente, o retorno deste plano para o antigo, além de uma indenização por Danos Morais. Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  55. Ola, Meu nome é Emerson, e por acaso encontrei esse site e achei super interessante e descobri alguns direitos que nao tinha o conhecimento, e resolvi postar o que aconteceu comigo.
    Recebi uma ligação de uma instituição, que se dizia do Projeto Menor Aprendiz, oferecendo um curso gratuito para minha filha, fui ate la, foram falando de muitas coisas sobre o curso e o que tinha de gratuito, mas que poderia ter mais benefícios no cursos se eu pagasse um determinado valor, acabei concordando e assinando um contrato, depois descobri que o Projeto Menor Aprendiz é gratuito, então me senti enganado e fui cancelar o contrato, mas tive que pagar uma multa de cancelamento, fui enganado e ainda tive que pagar por isso. Tenho como entrar na justiça para ter meu dinheiro de volta? Eles iludem a pessoa por telefone e pessoalmente fazem uma pressão psicológica na gente. Acredito que muitas pessoas já caíram nesse golpe (considero isso como um golpe).
    Tendo que eu assinei o contrato e cancelei em menos de 7 dias. O contrato esta especificando a multa de 15% do valor do curso, se caso nao ter iniciado as aulas.

    Muito grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe a demora em responder, mas estava viajando.

      Com certeza é golpe, até pela utilização de um nome parecido com o nome de um projeto do Governo Federal.

      Entre com uma ação no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil) contra esta instituição fraudulenta, pedindo a devolução do valor pago em dobro e corrigido, já que algo gratuito não poderia ter uma multa de cancelamento (cobrança indevida), além de uma indenização por Danos Morais.

      Veja como proceder no seguinte artigo:

      http://www.resolvaja.com/2009/11/juizado-de-pequenas-causas.html

      Excluir
  56. Paulo, 31 de julho de 2014
    Boa Tarde!
    Nosso filho está fazendo um curso de logística em uma instituição particular, como através da nota do Enem ele foi selecionado para fazer o curso gratuitamente em outra instituição, só que ao tentar fazer o cancelamento nos cobraram um valor de 1.800,00 entre aulas decorrentes e multa, temos como reduzir este valor ou até mesmo não pagá-lo.Já que meu filho não vai mais estudar naquela instituição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto depende do Contrato de Matrícula que foi assinado e se alguma cláusula deste contrato pode ser considerada abusiva.

      Sugiro primeiro entrar com um pedido formal de desligamento do curso, através de uma carta protocolada (uma cópia da carta assinada por eles dando ciência do recebimento da carta), para ficar registrado a ciência a saída do vosso filho do curso. Se eles se negarem a assinar o recebimento da carta, vá com duas testemunhas não familiares e entregue a carta na presença destas testemunhas, que irão assinar a cópia como testemunhas. Este procedimento encerra a acumulação de novas dívidas em relação ao curso. Todas as mensalidades anteriores a este desligamento tem que ser pagas.

      Depois se eles insistirem na cobrança da dívida e colocarem o nome do seu filho no SPC/SERASA, entre com uma ação no Juizado de Pequenas Causas (Juizado Especial Civil) pedindo a anulação da multa de desligamento (alegando ser uma cláusula abusiva), a retirada do nome do SPC/SERASA, sob pena de multa diária, além de uma indenização por Danos Morais.

      Excluir
  57. bom dia ,gostaria de saber se posso recuperar meu carro que estava estacionado na via publica e uma jovem colidiu frontal com ele ,Entramos em acordo e ela pagou 50% do concerto e agora ela me diz que nao tem mais como pagar o restante,ela tentou parcelar o restante,mas o mecanico nao aceitou ele quer tudo avista,ele pode ficar retendo o veiculo?ou tem como eu acionar a justiça,pois o meu carro ja esta pronto,desde ja te agradeço pela sua orientaçao.Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Souza,

      Pelo certo ele não pode reter o veículo, mas sempre ele pode alegar que o veículo não está pronto e de fato pode até tirar alguma peça essencial de forma ao carro não funcionar. Num caso destes entrar no Juizado contra o mecânico pode ter um efeito bumerangue, já que ele até pode devolver o carro, mas no estado que estava antes, ou até pior. Sugiro você tentar um acordo com a pessoa que colidiu com o seu carro e com o mecânico para resolver seu problema.

      Excluir

Coloque aqui sua dúvida, sugestão ou crítica.